Como definir os KPIs: 3 dicas práticas para você começar hoje no seu negócio!

Os indicadores de performance ou KPIs são dados utilizados para avaliar se o projeto que você tem desempenhado está correspondendo aos objetivos de negócio estruturados. Estes indicadores funcionam como os caminhos de um mapa, que vão te indicar os pontos aos quais você precisa percorrer e, consequentemente, te ajudarão na correção de rota, se necessário. Será que você está definindo bem seus KPIs? Veja algumas dicas resumidas por nós.

1-Tenha documentadas as estratégias de marketing e conteúdo

Segundo o estudo Content Trend, de 2019 da Rock Content, 36,5% das empresas contam com uma estratégia de marketing de conteúdo documentada. E isso, graças aos profissionais comprometidos nestes projetos, pois esta documentação é fundamental para a definição dos KPIs. Este nível de conhecimento das necessidades e objetivos permite que a definição das finalidades seja mais assertiva. Dentro desta lógica, o KPI se torna fundamental.

2 – Defina os indicadores junto com o cliente

Definir os indicadores de performance ou KPI (Key performance indicators) torna o plano mais palpável e permite ao profissional de comunicação, agência, dono do negócio e parceiro, percorrerem a mesma página. Mas como assim, Molotov?

Pois é! Para acompanhar de forma eficiente as estratégias e tomar medidas corretivas, se necessário, é fundamental contar com dados e indicadores que possam ser checados e compartilhados. Os tão famosos KPIs entram neste momento para mensurar a forma como as estratégias estão performando e munir os responsáveis de informações sobre o que está sendo feito e o comportamento dos públicos. Em nosso conteúdo sobre Briefing, comentamos sobre a importância da definição dos indicadores de performance (ou KPIs) no início do desenvolvimento de um projeto.

3 – Avalie a real importância dos KPIs definidos

KPI não pode ser qualquer indicador! É essencial para uma boa análise, que seu indicador contemple características como:

Disponibilidade para ser mensurado (ou seja, seja um indicador recorrente, e de fácil coleta);

Importância para o objetivo selecionado (se você deseja vender mais, é importante contar com um KPI que demonstre sua performance de vendas, por exemplo);

E por último, mas não menos importante, Periodicidade (seu KPI precisa ter uma variação ao longo do projeto, logo ele precisa ser coletado com frequência).

Mas como definir os KPIs corretamente?

Confira abaixo mais algumas dicas práticas para estabelecer suas medições de análise:

  • Financeiros: ROI, Receita total, Receita por compra;
  • Origem dos leads: qual a principal ferramenta que conduz seu lead até à venda;
  • Taxa de conversão: quantidade de visitantes que sua estratégia consegue levar a tomar uma ação;
  • Total de Vendas ÷ Total de visitas ao site;
  • Tíquete-Médio: Total de Receita ÷ Total de Vendas;
  • Interações sociais como: Engajamento, Total de visitantes que interagiram com a página ÷ Total de visitantes;
  • Buzz: Total de posts “curtidos” ou “retuitados” ÷ Total de posts publicados.

Fique de olho nas dicas rápidas abaixo!

  1. Compreenda o momento de sua empresa e defina KPIS coerentes com aquele momento. Se você é um pequeno negócio e precisa de mais visitas a seu site, analise os indicadores de conversão e deixe para um segundo momento uma métrica mais complexa.
  2. Busque um profissional que consiga direcionar um tempo para a coleta das métricas e análise dos KPIs. Se este processo se perder, você não terá como validar seus resultados.
  3. Evolua, evolua e evolua! Procure sempre observar seus indicadores e verifique se eles estão de acordo com seu momento. É hora de evoluir e alcançar novos patamares!

O que não pode faltar na sua implantação de KPIs?

Perenidade, análise e avaliação são as chaves para uma boa performance, além de um conteúdo relevante. Busque sempre analisar suas estratégias e definir bons indicadores de performance para que sua verba, trabalho e esforço não sejam direcionados para um fim que não está alinhado a sua definição de objetivos.

Trace seus KPIs e não se esqueça, é fundamental olhar para o caminho enquanto o percorre, e analisar se aquela escolha realmente te levará para o objetivo.

Se Heráclito, na Grécia antiga dizia:

“Uma mesma pessoa não pode entrar duas vezes no mesmo rio, pois tanto ela quanto o rio já não são mais os mesmos.”

Como atualmente vamos percorrer o mesmo caminho sendo os mesmos sujeitos que éramos no começo do projeto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *