Molotov Tips – O consumidor tem voz, até no McDonald’s!

Lançado em 2011, o lanche CBO atingiu sucesso rapidamente, logo se tornou o queridinho dos consumidores brasileiros no McDonald’s. Em 2017, foi retirado do menu. E, a partir daí, começou a dor no coração. Após anos de solicitações, reclamações e debates, ele foi retomado e, neste ano de 2019, volta a integrar o cardápio dos restaurantes. Pois é, o consumidor tem voz! Se o McDonald’s teve que se readaptar a necessidade do consumo, que tal observar o que seu público diz.

Os produtos pararam de ser produzidos no Brasil. Esta é a razão para o sumiço do CBO (Chicken Bacon Onion) dos cardápios do Mcdonald’s no ano de 2017. Desde este dia, o levante social foi intenso. Consumidores órfãos e insatisfeitos lutaram pela volta de seu lanche preferido até o fatídico ano de 2019.

Uma história impactante, não é mesmo? Pois é. A capacidade de advogar por suas vontades é nata aos consumidores insatisfeitos e isso não livra nem o McDonald’s. Neste cenário, os consumidores movimentaram as redes, fizeram reclamações no Reclame Aqui, montaram grupos e lotaram as redes com a frase: “Eu nunca mais vou sorrir enquanto meu CBO não voltar”.

E o McDonald’s atendeu. Surfando nos conteúdos desenvolvidos pelos próprios consumidores, a empresa relançou na quarta-feira, dia 06/11/2019 o lanche queridinho, utilizando a frase tão disseminada pelos consumidores.

O mais importante desta história é compreender o poder dos consumidores. Suas necessidades foram atendidas pela lanchonete internacional, que mapeia o consumo de fast food desde os primórdios. Que tal analisar o que seu consumidor tem falado?  Conte conosco nesta jornada!

Link: https://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/2019/11/06/mcdonalds-retoma-lanche-cbo.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *